REPRESENTAÇÕES SOBRE FORMAÇÃO CONTINUADA E DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL: O QUE DIZEM PROFESSORES COORDENADORES DE ÁREA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA.

Januário Rosendo Máximo Júnior, Meirecele Caliope Leitinho, Ana Maria Iório Dias, Liduina Maria Gomes

Resumo


Este artigo tem por objetivo identificar quais representações os professores coordenadores de área de ciências da natureza têm sobre sua formação continuada e sobre o seu desenvolvimento profissional, tanto conceitualmente quanto nos contextos onde eles estão inseridos. Para tanto, foi realizada pesquisa, de abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso; a coleta de dados deu-se por meio de pesquisa bibliográfica, documental e com a realização de entrevistas semiestruturadas com quatro coordenadores de uma escola de educação básica da rede privada de ensino, localizada no interior do Estado do Ceará. O referencial teórico teve como fundamento principal, em relação ao conceito de representação, o autor Moscovici e no âmbito da formação e do desenvolvimento profissional autores como: Tardif, Imbernón, Schon, Garcia, Gauthier. Os dados obtidos apontam que as representações, desses professores coordenadores, sobre formação continuada e desenvolvimento profissional, apresentam-se de forma embrionária, preliminar; contudo, evidenciam-se concepções relevantes acerca do objeto/tema da pesquisa e há uma sinalização de que eles consideram essas categorias como elementos importantes para o exercício de suas atividades. Identifica-se, ainda, uma reiterada falta de diálogo sobre os caminhos de sua formação, que não apresentam uma efetiva articulação com a prática pedagógica. Os achados apontam também que os coordenadores de área das ciências da natureza, sem uma formação específica para o exercício desta função, vêm tentando, através de formação continuada, preencher essa lacuna.

Palavras-chave


formação continuada; desenvolvimento profissional; representações;professores coordenadores;

Referências


ALMEIDA, L. R.; PLACCO, V. M. N. S. O Papel do coordenador pedagógico. Revista Educação, São Paulo, v. 12, n. 142, p. 7-11, fev. 2009.

BARTMAN, E. B. G. et al. O coordenador pedagógico e a formação docente. 7. ed. São Paulo: Loyola, 2006.

BRASIL. Lei 5.692, de 11 de agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1° e 2º graus, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 12 ago. 1971. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l5692.htm. Acesso em: 2019.

BRASIL. Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 dez. 1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/leis/lein9394.pdf . Acesso em: 15 nov. 2018.

CABECINHAS, R. Investigar representações sociais: metodologias e níveis de Análise. In: BAPTISTA, M.M. (org.). Cultura: metodologias e investigação. Lisboa: Ver o Verso, 2009. p. 51-66.

CAPES. Catálogo de teses e dissertaçãoes. Brasília, DF, 2006-2017. Disponível em: http://catalogodeteses.capes.gov.br/catalogo-teses/#!/. Acesso em: 11 ago. 2018.

CEARÁ. Secretaria de Educação do Estado. Portaria 882 de 17 de dezembro de 2010. Estabelece as normas para a lotação de professores nas escolas públicas estaduais para o ano de 2011 e dá outras providências. Diário Oficial do Estado, Fortaleza, Série 3, n. 240, c.1/2, p. 31, dez. 2010.

CEARÁ. Lei 15.575, de 7 de abril de 2014. Altera o dispositivo da Lei 12.066, de 13 de janeiro de 1993. Diário Oficial [do] Estado do Ceará, Fortaleza, 7 abr. 2014. Disponível em: https://belt.al.ce.gov.br/index.php/legislacao-do-ceara/organizacaotematica/educacao/item/4007-lei-n-15-575-de-07-04-14-d-o-07-04-14. Acesso em: 24 fev. 2018.

CELLARD, A. A análise documental. In: POUPART, J. et al. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis: Vozes, 2008.

CHRISTOV, L. H. S. et al. O coordenador pedagógico e a educação continuada. 10. ed. São Paulo: Loyola, 2007.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Conselho Pleno. Parecer CNE/CP 09 de 2001. Diário Oficial da União, Brasília, DF, Seção 1, p. 31, 18 jan. 2002a.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP 01 de 18 de fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Diário Oficial da União, Brasília, DF, Seção 1, p. 31, 9 abr. 2002b.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Conselho Pleno. Resolução 02, de 1 de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Diário Oficial da União, Brasília, DF, Seção 1, p. 8-12, 2 jul. 2015a.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Conselho Pleno. Parecer CNE/CP 02 de 2015. Diário Oficial da União, Brasília, DF, Seção 1, p. 13, 25 jun. 2015b.

DEMO, P. Avaliação Qualitativa. 7. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2002. (Coleção Polêmicas do Nosso Tempo).

DIAS, A. M. I.; GOMES, L. M. O bacharel e o trabalho docente: didática na educação superior. In: DIAS, Ana Maria Iorio. (org.). Docência para a educação superior: reflexão crítica e debate interdisciplinar em torno do fazer e do pensar acadêmicos. São Paulo: Hipótese, 2017. v. 1. p. 118-139. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/0B4VVtZy9vhzvR0RHYldKeGRyd2M/view. Acesso em: 2019.

GARCIA, C. M. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

GATTI, B. Análise das políticas públicas para a formação continuada no Brasil, na última década. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 13 n. 37, p. 57-70, jan./abr. 2008. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782008000100006. Acesso em: 5 jan. 2016.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Unijuí, 1998. (Coleção Fronteiras da Educação).

GOMES, L. M. Concepções de coordenadores pedagógicos acerca da formação continuada e desenvolvimento profissional: um estudo de caso em uma escola da rede pública municipal de Educação de Sobral-Ce. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2017.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 9. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

MÁXIMO JÚNIOR , J. R. A filosofia e o ser professor: uma interface currículo e formação docente nos cursos de licenciatura na área de Ciências Naturais. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza , 2017.

MOSCOVICI, S. A representação social da psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1978.

MOSCOVICI, S. Das representações coletivas às representações sociais: elementos para uma história. In: JODELET, D. (org.). As representações sociais. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2001.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa. 3. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

PLACCO, V. M. N. S; SOUZA, V. L. T. ; ALMEIDA, L. R. O coordenador pedagógico: aportes à proposição de políticas públicas. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 147, p. 754-771, set./dez. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/v42n147/06.pdf Acesso em: 3 jan. 2016.

SANTOS, B. S. Um discurso sobre as ciências. Porto: Afrontamento, 2001.

SCHÖN, D. Educando o professor reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.

STAKE, R. E. Case studies. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (ed.) Handbook of qualitative research. London: Sage, 2001.

SZYMANSKI, H. (org.). A entrevista na pesquisa em educação: a prática reflexiva. Brasília, DF: Líber Livro, 2004.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 5. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2005.

TARDIF, M. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 5. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.





CAMINE: Cam. Educ. = CAMINE: Ways Educ., Franca, SP, Brasil - eISSN 2175-4217 - está licenciada sob Licença Creative Commons