A construção de uma literatura moderna nas obras de Charles Perrault em meio a querela dos Antigos e dos Modernos * The construction of a modern literature in Charles Perrault's works in the middle of the quarrel of the Ancients and the Moderns

Juliana Timbó Martins

Resumo


Conhecida, já no século XVII, como querela dos Antigos e dos Modernos, a série de debates entre membros da Academia Francesa opôs, de um lado, aqueles que defendiam a exemplaridade da Antiguidade na produção artística e literária do período e, de outro, os partidários da legitimidade da criatividade dos artistas modernos. Entre os letrados que em pleno reinado de Luís XIV deram ensejo a essa disputa, Charles Perrault se destacou não apenas como porta-voz dos autointitulados Modernos, mas também como o estopim e catalisador do debate. Nesse sentido, este trabalho tem como objetivo apresentar as ideias e argumentos do poeta francês durante a querela a fim de evidenciar em suas obras tanto a defesa de uma literatura moderna, entendida como arte que expressa a singularidade de seu tempo, quanto o exercício de suas premissas na escrita de Contos da Mamãe Gansa, obra de maior sucesso do autor e da literatura francesa.

*

Already known in the seventeenth century as the quarrel of the Ancients and the Moderns, the series of debates between members of the French Academy opposed, from one side, those who defended the exemplarity of antiquity in the artistic and literary production in that age and, on the other side, the legitimacy partisans of the modern artists’ creativity. Among the scholars who, during Louis XIV’s reign, created the occasion to such dispute, Charles Perrault stood out not only as an advocate to Moderns, but also as the trigger and the catalyst of the debate. In this regard, this paper aims to present the ideas and arguments of the French poet during the quarrel in order to highlight in his works both the defense of modern literature whereas art that expresses its time’s singularity, and the exercise of his premises in the writing of Tales of Mother Goose, the most successful work of the author and French literature.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v7i2.2682

DOI (PDF): http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v7i2.2682.g2318

 

Licença Creative Commons A Revista História e Cultura, ISSN: 2238-6270, Franca, SP, Brasil, está licenciada sob uma Licença Creative Commons