REGIONALISMO CENTRÍFUGO: A CONSTRUÇÃO DE UM “NORDESTE PERNAMBUCANO” NA DÉCADA DE 1920 * CENTRIFUGAL REGIONALISM: THE CREATION OF A “NORDESTE PERNAMBUCANO” IN THE 1920S

Idelmar Comes Cavalcante Júnior

Resumo


Muito já foi dito sobre a invenção do Nordeste como uma construção imagético-discursiva. Tomando tal interpretação, já consagrada, como premissa fundamental, este trabalho tem como objetivo mostrar de que forma a elaboração da região Nordeste pelos intelectuais regionalistas pernambucanos na década de 1920, procurou frequentemente qualificar Pernambuco como o centro da região nordestina. Assim, o estado foi sendo constituído como um centro irradiador responsável não apenas pelo despertar de uma consciência regionalista, mas também por defender e consolidar a causa regionalista. Desta forma, se regionalismo nordestino, de forma mais explícita, questionava o federalismo brasileiro da época, considerado centrífugo por prestigiar apenas dois ou três estados, os intelectuais de Pernambuco que participaram desta luta pareciam propor, sub-repticiamente, um regionalismo igualmente centrífugo.

*

A lot of things have been said about the invention of the Northeast of Brazil as an imagediscursive creation. Taking such established interpretation as a fundamental premise, this paper intends to show in which way the elaboration of the northeastern region of Brazil by regionalist intellectuals from Pernambuco in the 1920s sought often to qualify their State as the Center of the region. Thus, this State has been constituted as a radiating Center responsible for not only the awakening of a regionalist consciousness, but also to defend and consolidate the regionalist cause. Therefore, if the northeastern regionalism questioned the contemporary Brazilian Federalism, in a more explicit way, considering it centrifugal for benefiting only two or three States, the intellectuals from Pernambuco who participated in this fight seemed to propose, surreptitiously, an equally centrifugal regionalism.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v8i2.2600


 

Licença Creative Commons A Revista História e Cultura, ISSN: 2238-6270, Franca, SP, Brasil, está licenciada sob uma Licença Creative Commons