A escrita de um feito inglório: o cerco português a Tânger, em 1437 * The writing of an inglorious event: the portuguese battle of Tangier, 1437.

Kátia Brasilino Michelan

Resumo


 

O objetivo do presente artigo é analisar algumas construções, escritas em língua vernácula, acerca do ataque português, de 1437, à cidade de Tânger, localizada no norte da África.  Em tal ataque, não se cumpriu o propósito esperado pelos portugueses e, como desfecho, o infante D. Fernando ficou cativo dos mouros. Assim, contar essa história exigiu diversos mecanismos narrativos por parte dos homens que intencionavam relatar os feitos gloriosos dos nobres portugueses. Para entender como esse episódio infeliz foi sendo pensado e narrado ao longo do século XV e início do XVI, serão analisados, aqui, dois grupos de documentos: os escritos anteriores e posteriores ao ataque.

 

 

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v5i1.1779

 

Licença Creative Commons A Revista História e Cultura, ISSN: 2238-6270, Franca, SP, Brasil, está licenciada sob uma Licença Creative Commons