O PAPEL SOCIAL DA EDUCAÇÃO: UMA PERSPECTIVA CRÍTICA DO ATO DE EDUCAR

Ana Caroline Santos Falanque, Thiago Fidelis

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão do papel social da educação em nossa sociedade, através de resgates históricos educacionais, voltando seu olhar para a construção de práticas conscientes que equilibrem as diferentes tendências pedagógicas, levando os alunos aemancipação histórica. O artigo está pautado em pesquisa bibliográfica, sobretudo dos autores Freire, na obra Pedagogia da Autonomia (1996) e Saviani, em Escola e Democracia (1999). Por meio de um retrospecto histórico da estruturação educacional, foi possível levantar questionamentos sobre o papel desempenhado pelo educador, refletindo pontos específicos de cada obra citada. A discussão deste tema é de grande importância, pois além de nos levar a conhecer nossa própria historia, ajuda-nos a nortear nossas ações cotidianas, contribuindo para a transformação social.


Palavras-chave


História Crítica. Transformação social. Paulo Freire. Dermeval Saviani.

Texto completo:

PDF LIBRAS

Referências


CAMBI, Franco. História da pedagogia. Tradução de Álvaro Lorencini. São Paulo: Fundação Editora da UNESP (FEU), 1999.

FREIRE, Ana M. A. Paulo Freire: uma história de vida. São Paulo: Villa das Letras, 2006.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

INCONTRI, Dora. Pestalozzi, Educação e ética. São Paulo: Scipione, 1996.

JAEGER, Werner W.. Paidéia: a formação do homem grego. Tradução de Artur M. Parreira. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

LIMA, Jorge M. Á. O papel do professor nas sociedades contemporâneas. Educação, Sociedade e Culturas, ano 96, n° 6, p. 47-72, 1996.

MANACORDA, Mario A. História da educação: da antiguidade aos nossos dias. Tradução de Gaetano Lo Monaco. 3 ed. São Paulo: Cortez, Autores Associados, 1992 (Coleção educação contemporânea. Série memória da educação).

MARROU, Henri I. História da educação na Antiguidade. Tradução de Mário Leônidas Casanova. São Paulo: E.P.U., Ed. Da Universidade de São Paulo, 1973.

PIAGET, Jean. Jan Amos Comênio. Tradução de Martha Aparecida Santana Marcondes, Pedro Marcondes e Gino Marzio Ciriello Mazzetto. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010 (Coleção Educadores).

RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. 2 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Do contrato social. Tradução de Lourdes Santos Machado. 3 ed. São Paulo: Abril Cultural, 1983 (Os Pensadores).

______________________. Emílio; ou, Da educação. Tradução de Sérgio Milliet. 3 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.

SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre a educação e política. 32. ed. Campinas: Autores Associados, 1999. (Coleção polêmicas do nosso tempo; v.5)

__________________. História das idéias pedagógicas no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2010.

SOËTARD, Michel. Johann Pestalozzi. Tradução de Martha Aparecida Santana Marcondes, Pedro Marcondes e Ciriello Mazzetto. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010 (Coleção Educadores).





CAMINE: Cam. Educ. = CAMINE: Ways Educ., Franca, SP, Brasil - eISSN 2175-4217 - está licenciada sob Licença Creative Commons