A PROPOSTA CURRICULAR DE HISTÓRIA DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 2008 SOB A PERSPECTIVA DA CULTURA ESCOLAR E DOS SABERES DOCENTES: PROPOSIÇÕES = THE HISTORY CURRICULUM PROPOSAL OF THE SÃO PAULO STATE OF 2008 FROM THE PERSPECTIVE OF SCHOOL CULTURE...

José Petrúcio Farias Junior

Resumo


Nas duas últimas décadas, os baixos índices de rendimento escolar de estudantes da rede estadual paulista, tendo em vista os relatórios do SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica), em comparação com os demais estados brasileiros, colaboraram para que a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo propusesse um conjunto de medidas que visasse à melhoria da qualidade da aprendizagem dos alunos. Destaca-se o programa “São Paulo faz escola”, no interior do qual uma nova Proposta Curricular e materiais pedagógicos de apoio à implantação dessa Proposta foram distribuídos gratuitamente a gestores, professores e alunos da rede estadual a partir de 2008. Ao tomar como referência essa política educacional, refletiremos sobre em que medida tais iniciativas governamentais podem ser ressignificadas por meio da prática pedagógica docente. Partimos, então, do pressuposto de que o processo de implementação da Proposta Curricular perfaz caminhos diversos, porquanto é interceptado não só pelos saberes docentes, mas também pela cultura escolar, categorias interpretativas que nos ajudam a compreender os sentidos particulares atribuídos a ela, os quais podem não coincidir com o discurso e a intencionalidade que inicialmente a motivaram.

Palavras-chave: proposta curricular. saberes docentes. cultura escolar. política educacional. ensino médio.

 

ABSTRACT

In the last two decades, the low rates of academic performance of students from state public schools, in view of the reports produced by SAEB - National System of Basic Education Evaluation - compared to other Brazilian states contributed to the São Paulo Department of Education to propose a set of measures that were intended to improve the quality of student learning. We highlight the program “São Paulo faz escola”, in which a new Curriculum Proposal and teaching materials to support the implementation of this Proposal were free distributed to managers, teachers and students of the state educational system since 2008. Referring to this educational policy, we will reflect if such government initiatives can be resignified through teaching pedagogical practice. We presuppose, then, that the process of implementation of Curriculum Proposal route many ways, not only because it is intercepted by teaching knowledge, but also by the school culture, interpretive categories that help us to understand the particular sense referred to it, which may not coincide with the discourse and the intentionality that initially motivated it.

Keywords: curriculum proposal. teaching knowledge. school culture. education policy. high school.





CAMINE: Cam. Educ. = CAMINE: Ways Educ., Franca, SP, Brasil - eISSN 2175-4217 - está licenciada sob Licença Creative Commons