O USO DO FUTEBOL COMO ESTRATÉGIA DE CONTROLE

Agnaldo Kupper Kupper Kupper

Resumo


 O caso do futebol é emblemático. Faz-se necessário entender como o brasileiro apropriou-se do esporte, como que o tomando das camadas mais abastadas que o introduziram no país. Mesmo com as tentativas de coibição da prática, a apropriação se deu. Nas primeiras décadas do século XX, o movimento operário brasileiro postou-se de forma ruidosa. Apesar da ação repressiva governamental, a nascente burguesia industrial brasileira, inquieta diante das mobilizações sindicais proletárias, teria feito uso de mecanismos menos duros como apoiar e financiar o esporte que caíra nas graças operárias: o futebol.




DOI: http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v8i1.2605


 

Licença Creative Commons A Revista História e Cultura, ISSN: 2238-6270, Franca, SP, Brasil, está licenciada sob uma Licença Creative Commons