Um fenômeno urbano em São Luís, Estado do Maranhão: a Companhia Anil e o sistema de canalização do abastecimento d´água na urbe oitocentista (1855 a 1862) * An urban phenomenon in São Luís, State of Maranhão: the Anil Company and the plumbing system for water supply in the nineteenth century city (1855 a 1862)

Luiz Antonio Pinheiro, Antônio Cordeiro Feitosa

Resumo


O presente artigo analisa o problemático sistema de abastecimento de água em São Luís do Maranhão, entre 1855 a 1862, século XIX, quando implantada a Companhia Hidráulica do Anil. Verificam-se os conflitos gerados quando assinado o contrato e no processo de implantação e funcionamento da companhia de água encanada, versus o fornecimento de água pelo antigo sistema artesanal, controlado por ricos senhores. A análise estrutura-se a partir dos relatórios da companhia, das atas do Senado da Câmara e das matérias dos inúmeros jornais que circulavam na São Luís, oitocentista. Objetiva-se analisar a conjuntura que motivou a criação da Companhia Anil e sua importância no processo de modernização dos serviços públicos da cidade. Abordam-se de forma breve as questões relacionadas à modernização, urbanização e progresso na urbe do século dezenove. Nesse sentido, verifica-se a resistência de alguns atores sociais entronizados décadas no controle da água potável e os embates travados na esfera política e na impressa.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v6i3.2188

 

Licença Creative Commons A Revista História e Cultura, ISSN: 2238-6270, Franca, SP, Brasil, está licenciada sob uma Licença Creative Commons