A dimensão criativa da história: uma contraposição entre os escritos de Benjamin e Nora * La dimension criative de la histoire: une contraposition entre les écrits de Benjamin et de Nora

Ricardo Salztrager, Felipe Teixeira Lourenço

Resumo


O presente estudo tem por objetivo discutir a produção do conhecimento historiográfico no pensamento de Walter Benjamin. Segundo este filósofo, a história é vista como fluída, passível de ser constantemente construída e, portanto, permeável à intervenção de todos os seus interlocutores. Veremos também que ele combate a ideia da existência de uma verdade absoluta e naturalizada subjacente à construção da história, como se ela se pretendesse linear e construída a partir de uma origem prévia. Neste sentido, estabelecemos uma contraposição entre as concepções de Benjamin e de Nora, visando sublinhar que o conceito de história do primeiro possui uma dimensão fundamentalmente criativa que contrasta com a dimensão saudosista do segundo.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v6i3.2152

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


 

Licença Creative Commons A Revista História e Cultura, ISSN: 2238-6270, Franca, SP, Brasil, está licenciada sob uma Licença Creative Commons