Ser historiador no século XIX. Entre debates, críticas e polêmicas: Pereira da Silva e seu Plutarco brasileiro. * Being a historian in the 19th century. Between debates, criticisms and polemics: Pereira da Silva and his brazilian Plutarch.

Rafael Terra Dall' Agnol

Resumo


Este estudo tem como objetivo analisar alguns dos debates públicos em que esteve presente a figura do historiador João Manuel Pereira da Silva. Após a publicação de Plutarco Brasileiro, em 1847, o escritor coloca no epílogo do segundo volume da obra algumas das críticas endereçadas ao livro. A partir dos artigos que apareceram em alguns periódicos na imprensa, sobretudo a carioca, pode-se analisar a dimensão pública da obra historiográfica no início do século XIX e, por meio dela, a dimensão ética do historiador, responsável por dizer a verdade sem manipulações ou falsificações em relação ao passado. Paralelamente a esse intento, utilizando como fonte os relatos produzidos acerca do trabalho de Pereira da Silva de forma mais ampla, pretende-se também demonstrar as discussões ocorridas sobre sua a produção histórica, dando especial atenção a um debate sobre a origem paterna do poeta Basílio da Gama.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18223/hiscult.v6i3.2129

 

Licença Creative Commons A Revista História e Cultura, ISSN: 2238-6270, Franca, SP, Brasil, está licenciada sob uma Licença Creative Commons