[1]
S. Alarcon, “QUEM DELIBERA? REPRESENTAÇÃO, IMPARCIALIDADE E LEGITIMIDADE NA DEMOCRACIA DELIBERATIVA”, REJ UNESP, vol. 16, nº 23, nov. 2012.