[1]
R. R. F. Barros, “AS ORGANIZAÇÕES EXTRATIVISTAS NA AMAZÔNIA E A CONCEPÇÃO HOLÍSTICA DO MEIO AMBIENTE”, REJ UNESP, vol. 16, nº 23, nov. 2012.