PINHEIRO, G. C. UMA CRÍTICA ÀS INTERMINÁVEIS REFORMAS PROCESSUAIS: POR UMA COMPREENSÃO CONSTITUCIONALMENTE ADEQUADA DA RAZOÁVEL DURAÇÃO DO PROCEDIMENTO E DA EFETIVIDADE DO PROCESSO. Revista de Estudos Jurídicos da UNESP, [S. l.], v. 14, n. 19, 2011. DOI: 10.22171/rej.v14i19.238. Disponível em: https://ojs.franca.unesp.br/index.php/estudosjuridicosunesp/article/view/238. Acesso em: 5 dez. 2022.