Políticas Editoriais

Foco e Escopo

O Direito Alternativo – Revista do Núcleo de Direito Alternativo é um periódico científico internacional, voltado a promover o debate, a construção do conhecimento e a veiculação de estudos e pesquisas realizados por estudantes de graduação, pós-graduação e professores ligados à teoria crítica do Direito. Pretende ser um fórum de debates para pesquisadores que atuam nas diversas áreas que compõe a ciência do Direito, de forma a romper as barreiras que têm mantido essas produções de maneira isolada e dificultado o diálogo com as demais áreas do saber. Incentiva-se a publicação de artigos de cunho transdisciplinar e resultados de pesquisas que envolvam equipes interinstitucionais. São também aceitos os trabalhos que não versem exclusivamente sobre o Direito, mas que tenham importância inequívoca para o avanço do conhecimento científico sobre as diversas facetas da sociedade que direta ou indiretamente têm influência sobre o fenômeno jurídico. Falar em uma teoria crítica do direito, em crítica jurídica ou num pensamento crítico no Direito implica o exercício reflexivo de questionar a normatividade que está ordenada e justificada por si só, admitindo a possibilidade de práticas diferenciadas. Isto porque nenhum saber é totalmente absoluto, uniforme e inesgotável; nenhum modelo de verdade expressa, de forma permanente e contínua, respostas prontas a todas as necessidades, como se o espaço e o tempo fossem inalteráveis, quando ele, na verdade, está dialeticamente inserido. Sendo assim, o pensamento crítico ganha a relevância de buscar outros referenciais epistemológicos, tendo em vista que os paradigmas tradicionais de fundamentação não acompanham as profundas transformações sociais, econômicas, políticas e culturais. A crise da racionalidade que atravessa a complexa cultura burguesa de massas estende-se ao saber sacralizado e hegemônico das estruturas lógico-formais de normatividade jurídica. Uma vez que essa é uma revista transdisciplinar e transnacional, os autores deverão ser capazes de expor suas idéias de forma compreensível para cientistas das diversas nacionalidades e das diversas disciplinas que estudam a diversidade e variabilidade da experiência humana. São aceitos artigos em português, inglês, espanhol e francês. A revista publica, inicialmente, artigos originais inéditos, pretendendo ampliar o seu campo de publicações conforme forem surgindo conforme o interesse de seus autores, considerando também o momento e a necessidade de publicações diferenciadas.

 

Políticas de Seção

Apresentação


Editores
  • Mozart Machado
Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Insira aqui a política desta seção

Editores
  • NEDA UNESP FRANCA
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Delírios e Devaneios

Seção destinada à publicação de diferentes manifestações artísticas e literárias, tais como poemas, prosas e outras manifestações literárias, bem como charges e ou-tras artes gráficas.

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Opiniões e Perspectivas

Seção destinada à publicação de análises de conjunturas sob a pers-pectiva crítica do Direito sobre o ensino, a pes-quisa e a extensão na universidade brasileira.

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos e outras contribuições enviados à revista O Direito Alternativo são avaliados por pares rigorosamente selecionados, tendo em vista a área de especialidade da contribuição. Os trabalhos recebidos serão primeiramente examinados pelos editores e, posteriormente, encaminhados aos avaliadores, sem a identificação do autor do artigo. Tanto os editores quanto os avaliadores reservam-se ao direito de rejeitar o artigo caso considerem que sua temática, abordagem, linguagem ou apresentação fogem ao escopo da revista. Os trabalhos submetidos deverão obedecer rigorosamente às normas editoriais. Aos editores reserva-se o direito de devolver aos autores aqueles trabalhos que não cumprirem as normas para que sejam readequados e re-submetidos. O autor assume também a responsabilidade de obter autorização para a publicação de fotos que não sejam de sua autoria devendo conservar em seu poder as autorizações.

 

Periodicidade

A Revista será publicada anualmente.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Objetivos

 

A Revista faz parte de um projeto que visa o engajamento crítico no plano pedagógico voltado a uma formação geral, humanística e axiológica; um engajamento teórico-científico e uma reflexão no plano prático que possam propiciar uma intervenção transformadora na realidade.

No âmbito pedagógico, a revista segue o plano de reestruturação pedagógica curricular da UNESP, pelos objetivos de abranger uma formação humanística, crítica, e não exclusivamente tecnicista e profissionalizante.

Quanto à sua tônica teórico-científica, busca-se rever as teorias tradicionais do direito, bem como suas inserções quanto aos paradigmas político, científico e filosófico, suas interpretações, problematizações e suas proposituras de rupturas e de transcendência.

Empreende-se discutir e problematizar as questões atinentes à desconstrução dos paradigmas tradicionais do direito (em grande medida influenciadas pelo positivismo), à efetividade e à legitimidade das formas jurídicas. É natural que as transformações do direito reflitam e tenham implicações imediatas na teoria geral do direito.

 

 

Regras de Padronização dos Artigos

 

O artigo deverá conter:

- Título centralizado, em letras maiúsculas, tamanho 12;

- SUMÁRIO;

- Resumo em língua portuguesa em até 150 palavras e em língua inglesa (abstract) também em até 150 palavras;

- até 5 palavras-chave e até 5 keywords (ambas em letras minúsculas), separadas por ponto;

- Introdução

- Considerações Finais

- Referências

 

Apresentação formal do texto:

- espaçamento do corpo do texto de 1,0;

- parágrafo de 1 cm;

- tamanho da página: 22cm de altura x 16 cm de largura

- margens: superior e esquerda: 2 cm

      inferior e direita: 1,5 cm

- texto de 15 a 30 laudas, sem paginação;

- fonte Times New Roman;

- tamanho da fonte 12;

- texto justificado;

- citações no formato de notas de rodapé (verificar as regras nos artigos das edições anteriores)

 

- Ilustrações: fornecidas em arquivos JPEG. Podem ser fornecidas fotos coloridas, que serão publicadas dessa forma na versão digital (internet).

 

- O corpo do artigo deve seguir a seguinte estrutura: introdução, desenvolvimento e considerações finais. Os tópicos “introdução” e “considerações finais” devem estar claramente identificados dessa forma.

 

* A cópia do artigo deve estar em compatibilidade com o Word 97-2003.

* verifique AS REGRAS no modelo de artigo. É IMPRESCINDÍVEL o obedecimento das regras (inclusive AS DE CITAÇÃO ) para que a nossa revista tenha reconhecimento de qualidade (CAPES etc).