A FORMA DE CONSUMIR: AS FACES DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E DA QUESTÃO SOCIAL

Edna Maria Campanhol, Hélio Braga Filho

Resumo


São diferentes as versões sobre a questão social nosdiferentes estágios do capitalismo. Há mudanças no mundo daprodução e do trabalho, com redefinição de papéis – do mercado, doEstado, do capital e do trabalho. O artigo pretende refletir sobre umadas diversas facetas da questão social – o desenvolvimento econômicoe as limitações na redução das desigualdades. O questionamento ésobre a possibilidade de sustentar a solidariedade e igualdade nafruição dos resultados obtidos pela economia dada a partir do desejode consumir. Mostra-se, inicialmente a confusão dada pelosindicadores quantitativos da economia e a reduzida análise qualitativados mesmos. Posteriormente, discute-se a centralidade do trabalho eas condições às quais são obtidos os melhores resultados numéricosda produção econômica. Finalmente, mostra-se a persistência daquestão social dada pela diferença na forma de consumir –necessidades básicas e/ou “marcas”.• PALAVRAS CHAVE: questão social. desenvolvimento econômico. trabalho.

Texto completo:

PDF


eISSN: 2176-0896

Locations of visitors to this page