EMANCIPAÇÃO SOCIAL: CAMINHOS PARA A FUNCIONALIDADE DA REDE SOCIOASSISTENCIAL

Fernanda dos Santos Varandas

Resumo


O presente artigo trata sobre o conceito de emancipação tendo como ponto de partida a funcionalidade da rede socioassistencial, com o objetivo de demonstrar a
importância da efetiva participação e consciência crítica para o estabelecimento de
estratégias ao trabalho em rede, o que envolve tanto organizações governamentais como não governamentais. Este estudo parte da construção do conceito de emancipação por meio de categorias teóricas e da discussão sobre o conceito de rede socioassistencial. Os resultados contribuem para a construção de um efetivo trabalho em rede a partir de um maior esclarecimento da categoria teórica  emancipação.


Palavras-chave


Emancipação. Rede socioassistencial. Consciência Crítica. Participação.

Texto completo:

PDF


eISSN: 2176-0896

Locations of visitors to this page