POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE E SEUS REBATIMENTOS NA VIDA DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES USUÁRIAS DE DROGAS: UM ESTUDO NO CENTRO DE ATENDIMENTO PSICOSSOCIAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM UBERLÂNDIA/MINAS GERAIS

Edileusa da Silva, Lucinei Gasparina da Silva

Resumo


Esse estudo visa compreender como tem se constituído as relações das Políticas Públicas sociais frente aos direitos de crianças e adolescentes, usuários de substâncias psicoativas lícitas e ilícitas. Uma reflexão sobre políticas públicas
de saúde, no sentido de conhecer os impactos dessas substâncias de abuso; a
partir do levantamento na unidade de tratamento Centro de Atenção Psicossocial
Infanto juvenil (Caps I) no município de Uberlândia/MG, por meio de coleta de dados em dez (10) prontuários de pacientes atendidos na Unidade, entre o período de janeiro a julho de 2013. O estudo se justifica devido ao presenciado nos campos de prática da Residência Multiprofissional da Universidade Federal de Uberlândia com relação à demanda de usuários crianças e adolescentes em atendimentos psicossociais que convivem com uso de substâncias psicoativas de abuso  precocemente.


Palavras-chave


Adolescentes. Crianças. Serviço Social. Substâncias de Abuso. Políticas Públicas.

Texto completo:

PDF


eISSN: 2176-0896

Locations of visitors to this page