A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO SOCIOECONÔMICO PARA A EQUIPE INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE AUDITIVA

Ana Paula Gonçalves dos Santos, Telma Flores Genaro Motti, Jakeline Aparecida Garcia Gonçalves da Silva, Madalena Aparecida Silva Francelin

Resumo


O objetivo da pesquisa foi avaliar a importância do estudo socioeconômico para
os atendimentos e a intervenção da equipe interdisciplinar de saúde auditiva do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/USP). A pesquisa foi descritiva e os dados analisados quanti-qualitativamente. Foram entrevistados 30 profissionais, a maioria (67%), fonoaudiólogos. De acordo com os resultados o estudo socioeconômico é consultado “às vezes” por 60% dos sujeitos, “sempre” por 23% e “nunca” por 17%. Os motivos das consultas são: conhecer as condições em que vive o paciente (53%), obter informações sobre o mesmo e a família (43%), definir o tratamento (27%) e obter informações sobre os recursos e acesso (33%). O instrumental atende as expectativas e necessidades da equipe para 77% dos entrevistados, justificado por 67% deles por ser completo e proporcionar uma visão do contexto da família, auxiliando na intervenção. Constatou-se a importância do estudo socioeconômico para a equipe de saúde auditiva, o qual contribui para a cooperação entre as áreas.


Palavras-chave


Aspectos socioeconômicos. Deficiência auditiva. Equipe de saúde.

Texto completo:

PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


eISSN: 2176-0896

Locations of visitors to this page