A (DES)PROTEÇÃO SOCIAL DO TRABALHADOR: OS CASOS DE ACIDENTE DE TRABALHO

Gisele Aparecida BOVOLENTA, Silvana Cunha KOHN, Maria Aparecida Mendes SOARES

Resumo


Desde os primórdios da humanidade o homem exerce a atividade laborativa, como mecanismo de sobrevivência, assegurando-lhe “proteção social”. No entanto, a concepção, bem como as relações de trabalho, com o passar dos tempos, mudaram muito. Hoje, temos o mundo do trabalho submetido às leis do capitalismo. Assim, as flexibilizações, terceirizações e informalidades fazem farte deste novo cenário. Aqui, portanto, enfatizamos os casos de acidentes de trabalho, o qual se constitui como um dos Programas de Aprimoramento Profissional na área de Serviço Social, cujo intuito seja conhecer a (des)proteção social vivenciadas pelos trabalhadores brasileiros.

 

PALAVRAS-CHAVE: Proteção Social; Mercado de Trabalho; Acidente de Trabalho.


Texto completo:

PDF


eISSN: 2176-0896

Locations of visitors to this page